Monday, June 30, 2008

- ALTRUÍSTA


*Aquele que é Alfa e Omega saberá esperar por ti. Todos olharão para o trespassado.
25/12/01
11:26

*Se te falta talento, triunfa pelo esforço. Pequenos cérebros só se preocupam com pequenos problemas.
07/01/02
15:47

*O mostrar boa cara não significa gostar, é conveniente.

08/01/02
09:08

*Tenho de ter cuidado: queijo + delator = puxão de orelhas.

08/01/02
09:22
*Ainda dizem que sou o predilecto?! Os que olham de cima, vão atrás de foguetes queimados e são hipócritas. Achas que só eu é que gosto de queijo?
08/01/02
09:31
*Na Itália, o presidente da república também gosta. Até amanhã.
P.S. - tenho de sair, vou à promoção do Limiano.
08/01/02
09:38
*Perversão desenfreada = abstenção ecuménica
11/01/02
15:43
*Tolerar a intolerância dos que intoleram a sua, qualquer que seja o seu estádio, é fortaleza contra o atroz. Sei a quem devo a minha demagogia, porque errante sou.
15/01/02
02:11
*O emocional pode quebrar um laço que parecia solidificado. Cuidado com empirismos, sou sensível a certos adjectivos.
15/01/02
02:11

*Tem juízo!
30/05/02
01:25

*Estás no bom caminho, apesar de tudo, humano.
09/06/02
00:41
*Ser Humano é agradável a Deus.
09/06/02
00:44
*A simplicidade torna tudo mais entendível. Evita escritos redutores e nada salvíficos. É dispensável o recurso a pseudo-iluminados que não souberam viver bem.
11/06/02
06:38
*Sempre altruísta.
22/06/02
15:32
*Obscurantismo + cepticismo + obsessão = ateísmo negligente
08/07/02
09:42
*Probet aut em seipsum: et sic de paue illo edat, e de calice bibat. Qui enine manducat et bibit indigne, judicium, sibi manducat e bibit.
15/07/02
08:00
*É fundamental evitar a psicose popular, provocada por marasmos e juventudes desviantes.
21/07/02
08:36
*A beleza dispensa metais diabólicos. São tudo atitudes vanguardistas - pimba.
19/07/02
15:08
*O céu é o limite, mesmo para mutantes.
22/07/02
10:47
Ivo P.

Fotografia: capa do single "É Demais" das Doce

Wednesday, June 11, 2008

- ...um pedido de desculpa...!

*Há momentos em que adoptamos comportamentos bestiais, e eu sou um indivíduo propenso a este tipo de atitude grosseira e estúpida... lamentávelmente atinjo pessoas de quem gosto, amizades que conquistei, que acabo por derrubar, quais castelos de cartas ao vento, pela minha falta de capacidade de controlar a besta que há em mim, pela minha falta de força para controlar os problemas... e... disparo em todas as direcções, atingindo inocentes, qual Mr Hyde, destruindo a vida do Dr Jeckyl...! Lamento, Blueminerva, a forma intempestiva com que invadi o teu blog e como descarreguei, impulsionado pelo álcool, as minhas frustrações e problemas pessoais...! Desculpa... magoei-te (e decepcionei-te) de certeza... lamento imenso! Muito sinceramente, espero que me perdoes... desculpa!
Vieille Canaille
Fotografia: Roubada a Pérolas Intemporais

Tuesday, June 10, 2008

- CAMPANHA CONTRA TABACO


*Maria, 15 anos, consome cocaína, practica sexo anal, arruma carros no Colombo, perdeu a virgindade aos 12 anos: NÃO FUMA.
17/19/01
18:48
Barbarella
Fotografia: Capa do Bolero de Ravel interpretado oor Eugene Ormandy and The Philadelphia Orchestra

Saturday, June 07, 2008

- TAUT


Taut


Jesus save me
Jesus save me
Can I tell you something ?
Can I tell you a story ?
It's about me and Billy
'Cause I remember
I remember it all started when he bought that car
It was the first thing he'd ever owned apart from me
And the color was red
And the color was red and he drove me
He drove me out of my mind
I'm over it now
It was spring or summer sixty five
I don't remember
Steaming and sweating and sticking against the wheel
And I could see the tendons stand out in the back of his neck
And he used to make me pray, wearing a mask like a death's head
When he put me there in the back seat, and he said
Jesus save me
Jesus save me
Inherited his father's hate that what he'd say
And he custom of destruct the pain of every escape but somehow
He could make joy come loose inside
I would feel really I would feel really and truly alive
And I would do anything for him
It just wasn't enoughIt was never enough
He'd turn to me and say
He'd, he'd say "even the son of god had to die, my darling"
And he wanted everything
He wanted everything
He wanted the honey from the king
Each new moon
He used to make me pray
Every morning
Hidden in the backseat, such Jesus
He'd make me pray
And he'd in there when he wanted everything
He wanted the honey from the king
Say it"Even the son of god had to die my darling"
Go on, say it!
Jesus save me
Jesus save me



Fotografia: Andres Serrano

Friday, June 06, 2008

- LIBERDADE


*A destituição e a anulação do "Eu" no "Outro", constitui uma das formas supremas de liberdade. Só uma linear razão idealista e positivista concebe a liberdade como simples manifestação do "Eu". Caro amigo, urge que te libertes dessas ideias individualistas, burguesas e desse romantismo curiosamente invertido.
01/12/00
20:32
Kaladj





Tuesday, June 03, 2008

- EL MAR

*Alla donde sopla el viento, el mar tiene una lira, un sol para despedir la tarde e un sol para despertar el dia. Dorme bem.
11/09/00
00:31
*Pela mão de um sonho caminhei e não tive outro destino senão a foz do mar.
25/10/00


Lila

Fotografia: Koudelka

Wednesday, May 28, 2008

- ORAÇÃO


"Pissa nossa que estais na cona
Arrombado seja o nosso cú
Venha a nós a vossa esporra
Que vossos colhões se esvaziem
assim nas bocas como alhures
O broche de cada dia nos dai hoje
Apalpai-nos senhor as nossas nalgas
assim como nós vergastamos quem nos tem apalpado
e enterrai-nos o varal
Assim seja caralho"



Fotografia: "Piss Christ", de Andreas Serrano

Wednesday, May 21, 2008

- SINAIS DE MORTE

*Amo os sons que sabem rir e as palavras que nada parecem dizer, amo o Amor, e até amo a dor que ele traz escondida nas meias.
28/03/2000
17:36
*Se estás cansado, deixa-me levar os fardos, e põe a tua mão na minha anca e, no devido tempo, hás-de me retribuir, pois já que partimos, nunca poderemos descansar.
28/03/2000
20:11
*Quero fazer contigo o que a Primavera faz às cerejeiras.
28/03/2000
17:43
*"Mergulho na Doce morfina, estrangulam-se os falsos sinais de morte, por fim, de novo me ergo para sentir o enigma dos enigmas, isso a que chamamos ser."
29/03/2000
02:41
*"Entrego-me aos Homens para crescer da erva que amo, se me queres ter de novo, procura-me debaixo d sola das tuas botas..."
29/03/2000
15:48
*"A verdadeira viagem da descoberta consiste, não em procurar novas paisagens, mas em vê-las com outros olhos."
29/03/2000
17:48
*"O Homem não pode descobrir novos oceanos até ter coragem de perder de vista a costa."
29/03/2000
17:53
*"Ouve, eu não dou conferências, nem pequenas caridades, quando dou, é por inteiro que me dou."
30/03/2000
15:05
Fotografia: Paul Strand
G.

Monday, May 19, 2008

- SENSATEZ

*O que sobrou de ti cabe-me nos bolsos e é pouco para as minhas mãos!
03/03/2000
01:05
*O sexo cria dependência, como os beijos, quando não consentidos.
06/03/2000
01:28
*Não há vergonha em esquecer à noite aquilo que recordamos de manhã. A noite é momento de esquecimento, confusão, do desejo tão quente que se torna vapor, no entanto, a manhã condensa-o, como grande nuvem, debaixo da cama, e seria estupidez não prever à noite a chuva da manhã.
06/03/2000
01:20
*Dá-lhe um retrato devidamente autografado da solidão que lhe pertenceu.
01/03/2000
01:30
*Só é digno perdermos a vida por nós mesmos...!
17/03/2000
02:15
*O maior risco a vida... e mais perigoso... é amar...! A tudo!
15/04/2000
16:16
R.Malheiro
Fotografias: Robert Mapplethorpe

Friday, May 16, 2008

- MOTHLIGHT

*Para Bataille, o estado religioso é um estado essencialmente erótico, marcado pela tentativa de superação da descontínuidade radical entre dois seres...continuidade erótica, neste caso, entre Deus e os Homens. Acabei de tomar duche, 15 minutos a pensar nesse fenómeno indescritível da "religião". Acho que se encontrasse agora **** insultava-o!

12/02/2000

15:54

*Oscar Wilde numa viagem aos EUA, em 1881, no momento em que chegava à alfândega de Nova Iorque: "não tenho nada a declarar excepto o meu génio."


21/08/2000
12:00


*Um jovem de nervos tenros e delicados, revela-se pela primeira vez poeta ao contemplar uma manhã sublime. No seu campo de visão, três cogumelos atómicos... A anunciação da poesia ocorria no primeiro minuto do fim do Mundo. O jovem poeta morreu duplamente perplexo, trespassado pela onda de choque de uma bomba de neutrões.

15/08/2000

13:00

Kaladj

Vídeo: "Mothlight" (1963) de Stan Brakhage

- DELÍRIOS




*Apaixonada razão dos prazeres do meu Espírito, acariciado corpo tão nú! Me domina a vontade de fazer-te sentir, contemplar-te, Vida que amas outras vidas, voz única no silêncio do Céu e da Terra. Tem mil aromas o ar, o sabor do meu delirado sexo, o calor que me vai fecundando, fugitiva nos jardins, livre ali ficou para amar.

Baby Blue


Fotografia: Laurie Lipton

Tuesday, May 13, 2008

- METAMORFOSES




*Amor, assisti, com grande dor, deslumbrantes montanhas em desmoronamento; transformação de vales e ribeiros cheios de cor, ribeiros em rios... belos movimentos.



19/02/2000
H.N.

Saturday, May 03, 2008

- ALLEGRO MA NON TROPPO



*A rudeza e a arrogância nunca terão acesso ao Belo! Há perfumes frescos, como carne de criança...

11/03/2000
21:06

*Alô...! Ça va bien? Quero vasculhar-te a emoção...! Seduzir a tua realidade...eis que te encontro!
20/03/2000
21:33

*As I take another breath at life, my heart starts running fast again... and I wonder: is this the beginning of me?
03/04/2000
14:31




*Cet amour, si violent, si fragile, si tendre, si desespéré. Cet amour, beau comme le jour, et mauvais comme le temp, quand le temp est mauvais. Je t'aime.
03/04/2000
23:39


*Talvez um dia entenda a fêmea algures em mim, nesse dia vou lamber-me... fruir de beleza a raridade! Engolir-me de veneno... desse, que todos falam!
04/04/2000
*A bruma estende a sua doce luz, e todas as montanhas reflectem o vermelho do crepúsculo.
28/04/2000
21:49

*Sou concha em mim fechada, temendo a mão de um pescador que me roube a pérola, deixando em troca apenas dôr.
16/06/2000
00.23
Baby Blue
Fotografia: Helena Almeida

Thursday, May 01, 2008

- DIVAGAÇÕES




*Na Lua, o orvalho do silêncio obrigou-me a uivar pela tua ausência, que trazia mensagens na sua asa magoada.
14/10/1999
14:30
*Sob o folgar, geme a tristeza de uma ânsia impotente de infinito, amortalhei na fé o pensamento, achei a paz na inércia, esquecimento... falta-me saber se Deus existe.
14/10/1999
15:55
*A Lua numa brancura luminosa, transpareço em fera algemada, subtilmente caminhando divina e livre.
23/10/1999
04:10

*Toquei as mãos e não as senti, acordei, tossi e cospi o coração. Irreal sentido de realidade, desarmei a Alma sem trair o meu silêncio.
23/10/1999
19:07

*Caminho sobre a água na estrada imaginária, tropeço e caio no abismo inevitável, fundi na corrente do olhar e do Ser, é tão intensa a quietude deste ar!
23/10/1999
19:27


*Num cemitério ardente da minha morte, onde o Amor encontra as suas ruas, numa curva terna e vacilante, oculto-te lindo mas inatingível, absolvido de caminhos nús.
25/10/1999
13:27


*A lágrima triste, que por ti surgiu, mal tu a viste, quase não se viu. Como que desiste, logo se diluiu, e mal lhe sorriste, logo te sorriu. Já não era a dôr...
25/10/1999
18:10





Baby Blue
Fotografia: Georgia O'Keeffe (1918), de Alfred Stieglitz




Friday, April 25, 2008

- LOUCURA ADMIRÁVEL

*Tinha um nó na garganta, o cérebro parado, a língua espessa e dizia:
- Não sei o que hei-de dizer!
Estupidez! Contudo admirável! Patéticos os anseios espirituais que torturam os grandes amantes históricos, doloroso o platonismo que levou Werther ao suicídio! Estranha associação, como no comércio, conveniência mútua, tu e alguém desenvolvem uma espécie de relação simbiótica, ao contrário, suicídio lento. Ainda podia falar-te de bom senso, esse comedido e insípido senhor de fraque que se alojou em cada um de nós, e que não permite outra fantasia que não a de ter uma risca nas calças, senhor austero que nos obriga a proceder nas normas da estupidez metódica... advogado das causas mesquinhas! Para que a tua vida continue a ser uma loucura admirável, para que continues a ter o requintado prazer espiritual de sentir os olhos molhados, quando alguma coisa profundamente te emocionar... é necessário terminar essa incerteza.


Baby Blue

23/12/2000
21:40
Fotografia: Marilyn Monroe

- VOLUPTIS QUIMIATRIAS

*Sou um teimoso! Recuso-me a aceitar que a vida é bela! Parvoice, não é?

*Algo consome-me o imaginário estético-contemplativo, digno das estrelas e dos astros e de todas as coisas belas em si, como a envolvência espiritual / artística, na sua múltipla condição humana e divina mais pura! Que fazer quando confrontado com a grandiosidade do Belo manifestamente inalcançável?


*As paredes do meu quarto transpiram esperma, e a minha mente, embriegada, rodopia, exigindo ao meu pénis "voluptis quimiatrias", espalhando o estonteante líquido numa cara estampada num malfadado jornal. Observo a Liv Ullman, e como um déspota sedento de sexo, traço-lhe o mesmo destino!
Vieille Canaille
Fotografia: Liv Ullman

Thursday, April 24, 2008

- YOUNG MEN

*Curiosa a maneira como em "Young Men" se reunem propriedades tão diversas: a componente musicalemente pop, uma escrita pouco lírica, distante de qualquer subjectivismo de vulgar raiz romântica, o retrato sociológico e psico-social de uma certa masculinidade em contexto de pós-modernidade, uma vaga sugestão gay do olhar de quem observa.

Kaladj

28/08/2000
15h05m

Fotografia: Brett Anderson

Monday, December 17, 2007

- LETTER FROM BEIJING

* Today I got a letter from my little China girl! Existe algo de apaixonante, e simultãneamente dramático, na minha paixão incondicional pela minha Barbarella electro-dandy-princess, que é para mim uma Jane Fonda espacial imbatível (70's kitsch space baby-doll-warrior), uma Liz Taylor Cleopatra, imponente e dominante, e uma Jane birkin, sensual e provocatória... não sou um Pygar esvoaçante, um Richard Burton na pele de Marco António ou um Gainsbourg, intelectual e poético, mas amo-a igualmente, assim como Humphrey Bogart a Ingrid Bergman numa Casablanca imaginária, só nossa! Em Belle de Jour, do Buñuel, a Catherine Deneuve dizia: "Aquilo que sinto por ti não é amor físico, está muito para além disso, não exijo que me acredites, mas nunca me senti tão perto de ti como agora." É algo assim o que sinto da distância da minha Barbarella: algo trágico e cinemático, mas sobretudo romãntico e intenso!
Vieille Canaille

Wednesday, November 07, 2007

- INÉDITO


Nunca te foram ao cu
Nem nas perninhas, aposto!
Mas um homem como tu,
Lavadinho , todo nu, gosto!


Sem ter pentelho nenhum
com certeza, não desgosto,
Até gosto!
Mas... gosto mais de fedelhos.


Vou-lhes ao cu
Dou-lhes conselhos,
Enfim... gosto!


António Botto
*Imagem: Helder Bruno

Thursday, August 16, 2007

- CARY GRANT


* Está a dar neste momento um filme com o Cary Grant na RTP 2


23/08/01



Friday, April 13, 2007

- CHURCH



*"A lágrima no Universo, nela regressamos ao primeiro início."


Mia Couto

*Fotografia - Tecto da Igreja Inglesa na Rua da Carreira - Funchal - Madeira

Sunday, April 01, 2007

- LUCILLE BOGAN (aka BESSIE JACKSON)

SHAVE 'EM DRY

I got nipples on my titties, big as the end of my thumb,
I got somethin' between my legs'll make a dead man come,
Oh daddy, baby won't you shave 'em dry?
Aside: Now, draw it out!
Want you to grind me baby, grind me until I cry.
(Roland: Uh, huh.)
Say I fucked all night, and all the night before baby,
And I feel just like I wanna, fuck some more,
Oh great God daddy,
(Roland: Say you gonna get it. You need it.)
Grind me honey and shave me dry,
And when you hear me holler baby, want you to shave it dry.
I got nipples on my titties, big as the end of my thumb,
Daddy you say that's the kind of 'em you want, and you can make 'em come,
Oh, daddy shave me dry,
(Roland: She ain't gonna work for it.)
And I'll give you somethin' baby, swear it'll make you cry.
I'm gon' turn back my mattress, and let you oil my springs,
I want you to grind me daddy, 'til the bell do ring,
Oh daddy, want you to shave 'em dry,
Oh great God daddy, if you can't shave 'em baby won't you try?
Now if fuckin' was the thing, that would take me to heaven,
I'd be fuckin' in the studio, till the clock strike eleven,
Oh daddy, daddy shave 'em dry,
I would fuck you baby, honey I'd make you cry.
Now your nuts hang down like a damn bell sapper,
And your dick stands up like a steeple,
Your goddam ass-hole stands open like a church door,
And the crabs walks in like people.
Aside: Ow, shit!
(Roland: Aah, sure enough, shave 'em dry?)
Aside: Ooh! Baby, won't you shave 'em dry
A big sow gets fat from eatin' corn,
And a pig gets fat from suckin',
Reason you see this whore, fat like I am,
Great God, I got fat from fuckin'.
Aside: Eeeeh! Shave 'em dry
(Roland: Aah, shake it, don't break it)
My back is made of whalebone,
And my cock is made of brass,
And my fuckin' is made for workin' men's two dollars,
Great God, round to kiss my ass.
Aside: Oh! Whoo, daddy, shave 'em dry

Wednesday, July 19, 2006

- NEW IDENTITY




"Boy... tenho uma nova identidade: agora chamo-me kalladj, com 2 L's."



*Fotografia: Miles Davis



KALLADJ

Thursday, July 13, 2006

- OLÁ










*Olá! Pois é, ainda acordada (04h11m)... Depois de um dia tão agitado como este, não consigo adormecer. Aproveito para lêr e lembrei-me de ti. Amanhã vou para o Porto, e finalmente, me preparar para um longo semestre. Espero encontrar-te bem.


*Olá! Posso divulgar o teu blog?





NIKI HOEKY


Desenhos: Mark Ryden

Wednesday, July 12, 2006

- A LETTER FROM BARBARELLA - III

ASSOMBROSAMENTE

BELO

CORPO.

DESTA

EXISTÊNCIA

FÚTIL,

GANHAS

HARMONIAS

IMAGINÁRIAS,

JAZIGOS

LONGÍNQUOS,

MORIBUNDOS

NORTES,

OÁSIS

PERDIDOS,

QUEDAS

REGURGITANTES,

SEARAS

TRANSTORNADAS,

UTOPIAS

VAIDOSAS,

XISTOS...

ZINCO...

- A LETTER FROM BARBARELLA - II

- A LETTER FROM BARBARELLA - I

Through the space
between your eyes
there are strange planets
there are many lies...
The scars of butterflies
and pierced witches
swerve to your hand
and vanish in the walls of
your skin.
The abduction comes
unasked and yet knowned
you're
the flying flowers
thet run and flow
through those butterflies
that stand so low.
These dimensions, I'm sorry,
for me they are real
that's the way I feel.
My blood is turning into
anaemic water.
Look at the vault
that my soul makes.

- PRIMEIRA MÚSICA DO DIA - II

*Primeira música do dia, no mesmo café do outro dia: "Alive and Kicking", Simple Minds (é assim que se chama, acho).

11/07/2006

08:18

BARBARELLA

- PRIMEIRA MÚSICA DO DIA - I

*Primeira música do dia, ouvida no café ao pequeno almoço: "Slave to Love", Roxy Music.

07/07/2006

08:25

BARBARELLA

Friday, July 07, 2006

- BARBARELLA'S GIFT




*Não sou bom contador de histórias, não tão pouco me expressiono emocionalmente com facilidade - não sem, ao menos, uma dose pequena de camuflagem -, mas um dia em Lisboa, a minha - egoístamente minha (sendo sem o ser, é claro!) - Pretty-Pretty Barbarella, ofereceu-me uma "fatia" de um momento extraordinário da sua vida: um bilhete, assinado pelo Antony, de um concerto dos Antony & The Johnsons, ao qual ela tinha assistido. Nesse dia senti-me grande!


Thanks

Luv ya babe!

Tuesday, June 13, 2006

- CHEWING GUM

"Oh no! Oh no!
You've got it all wrong
How can you
Think you're chocolate
When you're chewing gum?"

Annie

Ai lave iu!

BARBARELLA

*Fotografias: em cima - Serge Gainsbourg; em baixo - Antony



Sunday, April 30, 2006

- LOVE


*Que Amor é este que me faz levantar num Domingo de manhã e de ressaca? Até os pássaros e as beatas se admiram ao me verem! Bom dia!






VIEILLE CANAILLE


Fotografias: Edie Sedgwick







- CHORO


*Choro! Não o faço por ninguém específicamente, choro pela minha solidão! Noto que ela ganha novos contornos, descentralizando o campo de procura.


*Sinto-me a morrer lentamente! As paredes do meu quarto asfixiam-me e este silêncio agoniza-me...! Nunca senti tanta dôr... nunca tive tanto medo... solidão!!!





VIEILLE CANAILLE
Fotografia: Man Ray

Saturday, April 22, 2006

- MENINO


*Quem é este menino que faz do Mundo outro menino?




LILA

Thursday, April 20, 2006

- SOLIDÃO


*Estar só é o modo como sempre estou, mas ao pensar em ti, e saber que pensas em mim, deixa-me menos só! Espero que sintas o mesmo.
*"Se a vida me acontece, tu tens de me acontecer." Ouvi no álbum da Cristina Branco... é bonito e quero acreditar nesta frase, "I'm aching to see my heroin" (Suede).
*Sinto-me a ficar insana! Toco os meus lábios, abraça-me o peso dos lençóis... suspiro desejos para o vazio! Sinto em mim labaredas e flechas como nuvens cortadas!
*Meu amor electro-punk-new-wave-clash-pop-clássico-romântico-novos-boémios azul branco vermelho. :) Beijos enormes just 4 u.
*I don't care about the man of my life, but the life that is in my man". Mae West. Beijos da Barbarella para o Gainsbourg.

Thursday, April 13, 2006

- MASTURBAÇÃO

Eis o centro do corpo
o nosso centro
onde os dedos escorregam devagar
e logo tornam onde nesse
centro
os dedos esfregam - correm
e voltam sem cessar

e então são os meus
já os teus dedos

e são meus dedos
já a tua boca

que vai sorvendo os lábios
dessa boca
que manipulo - conduzo
pensando em tua boca

Ardência funda
planta em movimento
que trepa e fende fundidas
já no tempo
calando o grito nos pulmões da tarde

E todo o corpo
é esse movimento
que trepa e fende fundidas
já no tempo
calando o grito nos pulmões da tarde

E todo o corpo
é esse movimento
em torno
em volta
no centro desses lábios

que a febre toma
engrossa
e vai cedendo a pouco e pouco
nos dedos e na palma




Maria Tereza Horta

Monday, April 10, 2006

- ORGASM


Well sex is back in fashion
Let your body have some passion
Get your raw head Rex in motion
Get down and get it on
Well my body's in a quiver
You send a psychedelic shiver
Pleasure on the never never
Get down and get it on
Passion's back in passion
Easy action
Satisfaction wow orgasm
Pretty baby you're the only one
Who makes me come
Well my body's in a spasm
It's a teenage teen orgasm
And it's becoming an obsession
Get down and get it on
Well sex is so erotic
That I'm becoming a neurotic
A guranteed psychotic
Get down and get it on
ChorusI'm loaded in a spasm
I've exploded in a casm
Put your trust in mother lust
Cos she's an angel dust deluxe
So get it on and get it on
Baby get it on
Pretty baby you're the only one
That makes me come
Pretty baby you're the only one
That makes me come
Pretty baby you're the only one
That makes me come
In your mouth right now!

Monday, February 06, 2006

- W. B. YEATS


O DO NOT LOVE TOO LONG


Sweetheart, do not love too long:
I loved long and long,
And grew to be out of fashion
Like an old song.
All through the years of our youth
Neither could have known
Their own thought from the other's,
We were so much at one.
But O, in a minute she changed --
O do not love too long,
Or you will grow out of fashion
Like an old song.


W. B. YEATS

Friday, December 16, 2005

- A LETTER THAT (ALMOST) SAVED MY LIFE!

Na paisagem negra, que se estende de uma ponta a outra do horizonte em crispações de veludo, o princípio do Belo não se inverte, antes se reinventa numa outra imagem. Esteta de ti próprio, transvestido em mantos de escória e cinza escura, o Belo tresanda nos teus lábios, dispara no teu olhar. Não podem pois ser tuas essas palavras. E se é certo que o Belo não existe, e que, como o Amor, não passa de uma categoria vazia, carecida de objecto… então mais certo é que as formas não se dizem, apenas se observam no silêncio sepulcral que as transforma em monstros vivos que secretamente habitam. O que de facto interessa não é o aparato artificioso das formas e do seu enunciado, mas a solidão que sentimos inchar a cada momento que as amamos, a elas, pedaços de nada… e a perfídia amarga com que nos traiem, com que cravam vírgulas no pensamento, com que instauram a paragem no olhar, o delírio afogado do corpo no caminho, a morte efémera da carne na queda etérea. Não dizer as formas, eis a evidência suprema que tantos estetas não souberam contemplar.



*Fotografia: Tee Corinne

- REFLEXÃO

*I'm an alchoolic, depressive-romantic, decadent, bohemian, smoker, non-confessed dandy, self-destructed, frustrated, loser, but yet...stylish! The Madcap.

*Paraísos artificiais... Adão comeu a maçã, mas ao menos ficámos com a sidra!

*Aos eternos amantes da Beleza, o eterno infortúnio de ter de viver sem ela! O Esteta pune-se com a contemplação!

*Nasce-se, morre-se e, pelo meio, é-se.

*You don't remember me? I'm the storyteller of golden clitoris enchanted by charming vaginas on a lazy star.

*Deveria puder seleccionar o sonho de hoje, editar, copiar para o Paint, cortar e colar à realidade... sem efeitos.

*Estou feliz! A vida é bela! P.S. - Apaga esta mensagem porque se calhar amanhã já me arrependi de dizer isto.

*Hoje sonhei. Finalmente tive um sonho concretizável: sonhei que era careca!

*Estação final: ROMA. Olho para o vidro espelhado e leio-a no sentido inverso... alguma mensagem subliminar de Natal ou até o Metro se ri de mim?
*Fotografia: Anton Corbijn



Vieille Canaille

- MEN


"YOU CONSTRUCT, INTRINCATE RITUALS WHICH ALLOW YOU TO TOUCH THE SKIN OF OTHER MEN."




Thursday, December 15, 2005

- TEATRO


*A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios, por isso, canta, chora, dança, ri, vive intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.